Carregando...

Como os bebês dormem?

Atualmente fala-se muito sobre os benefícios da amamentação, o momento adequado para iniciar a introdução alimentar, e quais alimentos oferecer. Mas, um outro aspecto igualmente importante para a saúde física e mental é, muitas vezes, colocado em segundo plano: a importância do sono.

A amamentação, a alimentação saudável e um sono de qualidade são aspectos vitais para um desenvolvimento infantil adequado. Bebês e crianças pequenas, que estão adquirindo informações e conhecimento a uma velocidade mais rápida do que em qualquer outro momento da vida, precisam dormir bastante. Os recém-nascidos, por exemplo, podem dormir por volta de 16 horas por dia (intercalando o repouso com outras atividades)!

Dormir é muito importante para o desenvolvimento cerebral, motor, físico e emocional da criança. É nesse período de descanso que o corpo libera os hormônios de crescimento e assimila aquilo que viveu e aprendeu. Ou seja, dormir bem é fundamental para o aprendizado. Além disso, o sono está relacionado ao funcionamento imunológico, cardiovascular e metabólico.

Como é o sono dos bebês?

O sono acontece em ciclos, e cada ciclo envolve um período em sono leve/ativo (REM) e outro em sono profundo (não-REM). Em comparação aos adultos, os bebês permanecem por muito menos tempo em sono profundo, e seus ciclos de sono são muito mais curtos. Por permanecerem mais tempo em sono leve do que adultos e crianças maiores, os bebês despertam-se muito mais facilmente! E enquanto os ciclos dos adultos duram por volta de 90 minutos, cada ciclo de sono do bebê tem aproximadamente 50 a 60 minutos de duração.

Nos bebês, o sono REM é fácil de ser identificado: respiração irregular, contrações musculares, movimentos rápidos dos olhos sob as pálpebras e vocalizações. É possível até mesmo ver um sorrisinho! Durante o sono ativo é que acontecem os sonhos! Já no sono não-REM, o bebê dorme e respira profundamente. Nesse estágio é mais difícil do bebê ser acordado por barulhos ou mudanças no ambiente de sono.

Dormir a noite toda

Como exposto anteriormente, os padrões de sono do bebê são caracterizados por ciclos de sono curtos, de 50 a 60 minutos de duração. Então você pode se perguntar: como é possível que os bebês durmam a noite toda? A resposta é que “dormir a noite toda” é um mito. Nem adultos dormem a noite toda! Todos nós experienciamos um breve despertar a cada renovação de ciclo, mas a maior parte das vezes nem nos lembramos.

Com seus ciclos de sono mais curtos, os bebês tem mais oportunidades de despertarem. Então, quando alguns pais se vangloriam de que seu bebê está dormindo durante toda a noite, o que eles realmente estão dizendo é que eles não são incomodados e chamados a cada despertar do bebê. Isso significa que, na grande maioria dos casos, os despertares durante a noite não são um problema. O verdadeiro problema é que, muitas vezes, o bebê não é capaz de voltar a dormir sozinho depois desses despertares normais!

Esse post foi publicado originalmente no blog Pediatria Descomplicada. Veja aqui o post original.

Deixe uma resposta