Carregando...

Por que falar com os bebês é tão importante?

Nova pesquisa indica a intervenção precoce pode melhorar as competências linguísticas das crianças.

Pesquisadores de Stanford mostraram que as crianças que se envolvem frequentemente em conversas com os pais obtem uma vantagem inicial sobre as competências linguísticas que vão ter de usar na escola. Cinqüenta anos de pesquisa revelaram a triste verdade de que os filhos de pais com menor escolaridade e baixa renda geralmente entram no ensino fundamental com competências linguísticas mais pobres do que os seus homólogos de famílias mais privilegiadas.

linguagem

Nos últimos anos, Anne Fernald, professora de psicologia na Universidade de Stanford, realizou experiências que revelam que a diferença de linguagem entre as crianças ricas e pobres surge durante a infância.

O trabalho da psicóloga identificou uma causa provável para esta lacuna: Usando uma tecnologia especial para fazer gravações das crianças em seus ambientes domésticos, Fernald e seus colegas encontraram uma variabilidade marcante no quanto os pais conversam com seus filhos. Aquelas que ouviam mais discursos direcionado à elas desenvolveram uma maior eficiência no processamento da linguagem e aprenderam novas palavras mais rapidamente. Os resultados indicam que a exposição ao discurso direcionado à criança aguça as habilidades de processamento de linguagem dos bebês, com benefícios em cascata para a aprendizagem de vocabulário.

“Nosso objetivo é ajudar os pais a compreenderem que, desde a infância, eles podem desempenhar um papel na mudança de trajetórias de vida de seus filhos.” Anne Fernald

Texto original: Stanford.edu (em inglês)