Carregando...

“É tudo meu!” – Meu filho não sabe dividir

toddler-fighting

As crianças gostam de possuir, eles podem facilmente se apropriar das coisas ao seu redor e, obviamente, se recusar a compartilhar. Aos 2 anos, elas costumam dizer que os objetos são “meus”. Tudo pertence a elas. Crianças não são apenas possessivas, mas também são auto-centradas – consideram apenas os seus próprios desejos, e muitas vezes se mostram indiferentes aos outros. Todos esses comportamentos que te incomodam, como pai/mãe, são normais aos 2 anos! Na verdade, nessa fase a criança ainda não desenvolveu um senso de empatia, ou seja, a capacidade de se colocar no lugar dos outros, e compreender seus sentimentos e desejos. Essa empatia se desenvolve gradualmente, e é por volta dos 4 anos que a maioria dos pequenos é capaz de compartilhar seus brinquedos, cooperar e esperar sua vez. Você terá que ter um pouco de paciência… e eté lá, você pode continuar a explicar os conceitos de compartilhar.

Embora esta seja uma importante fonte de conflito na família, o melhor não é punir a criança por ela não querer dividir seus pertences, pois ela ainda não adquiriu o conceito de partilha! Você deve, acima de tudo, ser paciente, tolerante e continuar a incentivá-la a compartilhar. Isso faz parte do aprendizado, você precisa dar-lhe um tempo para adquirir esse conhecimento!

Como criar a noção de partilha? Provoque situações de partilha (diviir uma maçã, um bombom…). Não castigue seu filho por não compartilhar um objeto. Insista um pouco, explique a importância de compartilhar, e tente novamente mais tarde. Elogie seu filho cada vez que ele compartilhar algo com alguém!