Carregando...

“O que eu faço o dia inteiro quando estou em casa com meu bebê”

Atenção! Esse post é repleto de ironia!
A blogueira Raquel D’Apice é super bem-humorada e decidiu fazer uma “listinha” sobre o que ela faz o dia inteiro como uma mãe dona-de-casa. O texto completo você lê aqui (em inglês). Fiz uma tradução livre e espero que vocês se divirtam! Quero ver alguém ousar dizer que mães que ficam em casa não fazem nada! rsrs 

***

No momento eu sou uma mãe dona-de-casa. Algumas pessoas me perguntam o que eu faço exatamente durante o dia e eu nunca sei o que dizer. Abaixo está uma descrição bem justa sobre a maioria das coisas que faço durante o dia. Para não perder tempo, ações repetitivas como trocar fraldas ou alimentar meu bebê não foram mencionadas constantemente mas, fique atento, elas estão sendo feitas!

Lista de Afazeres
Lista de Afazeres

7:00 Acordo desejando ter dormido antes de 1h00. Dou mamadeira pro meu bebê.

7:15 Coloco o bebê no cadeirão, cercado por cereais e pedaços de frutas, enquanto eu faço uma lista completamente irrealista de afazeres.

8:00 Troco a fralda do bebê e o visto para passearmos fora de casa.
Você provavelmente está pensando: “Calma aí, a última coisa da sua lista foi às 7:15… você demorou 45 minutos para dar cereais pro seu filho e fazer uma lista de afazeres?”… Pois é! Não faz sentido para mim também.

8:25 Coloco o bebê no carrinho, bem aquecido. Tento me vestir adequadamente e coloco a coleira no cachorro.

8:30 Levo o cachorro para passear, por uns 30 minutos. Sinto-me culpada por todo o tempo porque meu bebê está do lado de fora, no frio.

9:00 Volto para meu apartamento. Subo 3 andares de escadas, levando o carrinho. Tiro os casacos do bebê.

9:05 Brinco com meu filho no chão, me sentindo culpada porque meu cachorro não se exercitou o suficiente e está entrando em depressão.

9:35 Deito no chão, enquanto meu bebê engatinha sobre meu corpo inerte. Me pergunto se existe algo para além disso – se alguém tem um tipo de rotina que pareça menos estúpida e chata. Me questiono se há alguma coisa que eu deveria estar fazendo para ajudar o desenvolvimento do meu bebê que não estou fazendo.

9:40 Sento no chão e bato palmas, esperando que meu filho me imite. Ele não bate paslmas. Entro no Google e digito “Quando os bebês começam a bater palmas?” e leio um artigo dizendo que eles fazem isso entre os 9 e 12 meses de diade. (Meu bebê tem 11 meses).

9:43 Passo uns minutos pensando “deve haver algo errado com meu filho. Ele deveria estar batendo palmas!”.

9:47 Percebo que meu bebê é muito esperto e feliz, e talvez só seja atrasado em bater palmas.

10:05 Fico enteadiada de brincar com meu filho. Vou dar uma olhada na minha lista de afazeres. O bebê engatinha para longe e começa a comer a ração do cachorro. Eu abandono a lista e tento tirar a ração da boca dele. Ele fica triste. Eu brinco com ele, fingindo morder suas mãos.

10:20 Eu e meu bebê olhamos pro ventilador por uns minutos, apontando e perguntando “cadê o ventilador? aqui está ele!”

10:40 Alimento meu filho enquanto ouço rádio.

11:00 Troco a fralda do meu bebê e coloco ele para dormir um pouquinho.
Meu bebê dormiu!! Isso significa que eu finalmente posso fazer algumas coisas e me sentir produtiva!!

11:01 FAÇO AS COISAS! Lavo todas as roupas e louças. Agendo consultas com 4 médicos, o pediatra, 2 dentistas, e pago várias contas online. Faço uma limpa nos meus e-mails, tentando responder aqueles que marquei como mais importantes. Lembro que não tomei café-da-manhã. Faço torradas com ovos. Tomo café, tomo banho, e respondo mais e-mails. Coloco as roupas na secadora e dobro as roupas limpas de ontem. Escrevo no meu blog. Alimento, penteio e brinco com o cachorro. Deito no sofá, tentando relaxar por um minuto.

11:06 Abro o computador e entro no Facebook. Curto e comento nos status e fotos de amigos.”gostar” e comentar status e fotos de amigos. Veja um artigo que alguém postou e penso: “Oh, este artigo parece ser interessante.”

11:20 ???????????????????????????????????????????????????????????????

12:34 ???????????????????????????????????????????????????????????????

1:03 ???????????????????????????????????????????????????????????????

1:45 ???????????????????????????????????????????????????????????????

2:00 ???????????????????????????????????????????????????????????????

2:05 COMO MEU BEBÊ JÁ ACORDOU??? NÃO SEI O QUE ESTÁ ACONTECENDO! A ÚLTIMA COISA QUE ME LEMBRO FOI SENTAR-ME PARA LER UM ARTIGO!

02:15 Levo o cachorro para passear, o tempo todo me sentindo culpada porque o bebê está no frio congelante.

02:45 Retorno para casa. Brinco com o bebê no chão, o tempo todo sentindo me culpada porque o cão realmente não fez exercício físico suficiente e é infeliz.

02:50 Culpa, culpa, inadequação, culpa, vergonha, inaptidão, frustração, tristeza.

3:30 Lavo a louça. Observo a pia limpa e vazia, percebendo que essa é a única evidência de que fiz algo durante o dia.

3:40 Sento com meu bebê no chão, repetindo “mamãe? mamãe?” enquanto ele ri e fala “bababababa”, que por sinal é a única coisa que ele falou nos últimos dois meses.

4:00 Alguma coisa?

4:40 Fatio alguns vegetais para o jantar (ou esqueço de fazer isso).

4:45 Adiciono um monte de itens mundanos a lista de afazeres e marco como “feitos”, a fim de sentir que eu realizei algo.

4:46 Meu marido chega em casa e pergunta como foi meu dia, pergunta sobre o que eu fiz. Eu mostro para ele a pia limpa e o bebê, que não está chorando.

(…)

***

Título original: What I Do All Day When I Am Home With the Baby, postado em 26/02/2014, no HuffPost Parents