Carregando...

Vida de mãe (Feliz dia das Mães!)

Não é fácil.
É gostoso, gratificante, recompensador. Mas não é fácil ser mãe.
Mãe sofre. Mãe sente medo, culpa, inadequação. Ser mãe às vezes dói.
Ninguém sabe o que se passa no coração (e na cabeça) de uma mãe.

Ser mãe é conferir se os pés estão cobertos, se a temperatura da água está agradável; é dar beijinho no dodói pra fazer sarar; é cortar unhas tão pequeninas que dão até medo!

Vida de mãe é passar noites em claro – seja fazendo a cria dormir, seja admirando-a deslumbrada e se perguntando “como eu pude fazer algo tão perfeito?”; é querer trocar de lugar quando o filho fica doente; é ficar encabulada com as perguntas inusitadas.

Ser mãe é ouvir conselhos, pitacos, opiniões, críticas e se questionar se está fazendo mesmo tudo errado. Mas, quando ouve um “mamãe te amo”, encontra um olhar grato, é envolvida por bracinhos pequenos, sabe, pelo menos por um instante, que, se não é a melhor mãe do mundo, com certeza faz o máximo para ser a melhor mãe que pode ser.

Feliz dia das mães!

Um grande abraço do Divã à todas as mães.

Deixo meu abraço apertado também às mães de anjo; que não tem hoje seus filhos nos braços, mas os carregam para sempre em seus corações.

canguru